Aqui são edições, selecionadas pela owner/fundadora do grupo Amor em Palavras em 30 de março de 2004,também pode haver edições de grupos amigos.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Inverno no Coração

by Simone Borba Pinheiro

De repente,
Pouco a pouco, lentamente
escureceu, anoiteceu
e do riso fez-se o pranto
e a ilusão perdeu o encanto.

De repente, pouco a pouco,
da alegria fez-se a tristeza
e a dor alucinante,
partiu o coração sofrido
que se perdeu na escuridão.


De repente, pouco a pouco,
o colorido fugiu do olhar,
o perfume se perdeu no ar
e tudo ficou sem emoção.
É inverno no meu coração!...


Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data: 21/ 10/ 02
--------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------

noctâmbula

by Ligia Tomarchio


cerrei a janela
e nela estou
serraram minh'alma
estrada do ser
não sabe pra onde
nem voltar
só quer seguir
ir e vir
ser e estar
parada, no silêncio
existencial, fundamento
da consciência
substância do vácuo
inodoro e insípido
vida rolante tombando
exala o caos
SP/18/01/2007
---------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------------------

Um beijo

by odeteronchibaltazar


Nada faltava naquele beijo?
Tinha a cor das manhãs,
o cheiro do café coado na hora
e a maciez das cobertas em dia de frio.
Era um beijo com jeito de roubado,
presente em papel de seda embrulhado
e muito laço de fita.
Um beijo com gosto de dia de folga,
sabor de batata frita.
Mais que um beijo,
a satisfação do desejo.
Era mais que um toque de lábios e línguas,
ou troca de sumos e sucos, afinal.
Era a penetração de almas em gozo.
Era puro êxtase,
tesouro precioso...
Só faltava ser real.

odeteronchibaltazar
-------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------

Uma simples mulher

by Catherine Roos. Sou pequena, sou simples, sou uma simples mulher....
Sou delicada, sou solidária...jamais solitária ( só quando quero )
Falo baixo, falo manso....as vezes me calo...

Mas não mexe comigo!
Quando me calo é problema!
Nem eu sei, o que em seguida irei fazer ou dizer!
Se aumento o tom da voz....hummm...sai de perto!

Ajudo quando posso, mas não me faz boba!
Delicada?!....confesso! menti!
Faço tipo, como quem nada quer!
Pequena?!...na altura ou na largura?!

De tudo....eu sou nada,
De nada...eu sou tudo...
Na verdade....
Sou só uma simples mulher!
--------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
--------------------------------------------------------

VELHAS FOTOS...DOCES RECORDAÇÕES....

by ARNEYDE T. MARCHESCHI


Por um momento olhando velhas fotos
senti saudades suas,
encontrei-me com suas lembranças,
e por um momento senti o louco desejo
de sentir o seu cheiro,sentir os lábios seus
nos meus, inundou-me de vontade
de nos meus braços você estar ,
senti o anseio de fazer amor com você
e torna-lo meu escravo.

Senti suas vibrações em meu corpo
fui invadida pelo passado e o vivi com
tamanha intensidade, a
ponto de senti-lo presente ao meu lado
deitado, no meio de nossos lençóis
emaranhados e impregnados de nós.

Fechei o nosso velho álbum
como se guardasse também ali
naquela gaveta, um pedaço de mim
e busquei ardentemente nas chagas
de sua ausência, um fio de esperanças
para que eu nunca deixe de sonhar
de olhos abertos,com o coração
batendo descompassado... que eu
nunca me esqueça dos olhos seus.
das mãos fortes que me acariciavam
dos lábios que tanto me beijavam
do corpo másculo que me dava tanto prazer
que me fazia sentir a única mulher que lhe
amava e saciava, com o tesão e o gozo
embriagante que eu lhe proporcionava.

Vitória.E.Santo 09/04/2007
http://www.vidatransparente.com.br/
--------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
---------------------------------------------------------------

NÃO QUERO...

by Wilson de Oliveira Carvalho


Agora, só o que peço
é que a vida me devolva
com a maior brevidade, o
que mais preciso,
a paz que perdi.

Desejo encostar-me em um
canto só meu, mesmo sabendo
que a partir desse momento,
estarei sozinho nas páginas da história.

Foi preferível assim,
mil vezes assim, pois, sorrir
para disfarçar coisas ruins,
vinha acabando com os meus dias.

É possível que não me acostume logo,
afinal, viver isolado,
sem um apego e sem ter um
sonho sem sabor, talvez o
estágio me converta em
mais um desditoso.

Tomara que eu não acabe
entrando por veredas inquietantes,
não habite nos braços da insanidade,
e amanhã, não me veja desfilando
por um mundo soturno, e tem mais,
não quero ser um carente da luz...

----------------------------------------------------

AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/

-------------------------------------------------------

DIA DE LA TIERRA - 22 de abril

by ©SKORPIONA - ( Lima _ Perú )


TIERRA

Indómita eres mi tierra
tragué tu polvo al nacer
mi cuerpo con lodo se unta
cuando la piel transpira placer.

Estás saturada de seres
racionales e inconformes
por ambición de poderes
actúan como animales.

Hastiada de tanto girar
con olas de mares humanos
que nunca se logran saciar
egoístas con sus hermanos.

Drogas dominan sus mentes
armas destruyen los cuerpos
corre la sangre por muertes
indiferencia reina de tiempos.

Cuando mis huesos se duerman
y la tierra me quiera engullir
palabras son las que claman:
¡arrójenme al mar al morir!

©SKORPIONA
Inés de la Puente Spiers
http://skorpiona.webcindario.com/tierra.htm

TODOS LOS DERECHOS RESERVADOS
-------------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
------------------------------------------------------------


quarta-feira, 22 de abril de 2009

HUMILHAÇÃO

by Marcos Sergio T. Lopes

Se impõe diante de mim
Na mais plena austeridade
Monta sua teia e me seduz

Aí toma cada tanto de mim

Saciando assim cada um dos seus caprichos.

Me ordena o jogo do amor

A intensidade, voracidade

Até meus lábios como deve tocar os lábios teus!

No enlace do teu abraço

Diz que ninguém irá me abraçar como me abraçou.

Esgota-me por inteiro

Tomando cada um dos meus sentimentos

Manipulando com sabor.

Fico embevecido...

Obstinado por você.

depois me empurra com força

Não deixa mais que te toque

E me manda embora

Dizendo que nunca me amou!

Bato na tua porta e imploro

Você debocha de mim

Enxota-me sem qualquer pena

Fala que te causo nojo

Que foi tudo engano...

E eu, feito teu marionete,

Tento de toda maneira

Enquanto você ri da minha dor.

Tua risada me esmaga

Mas não consigo me livrar dessas amarras

Teia maquiavélica que você criou.

Sou triturado pela tua soberba:

Nenhum toque, nenhum beijo...

Nada!

Fico contigo mesmo assim

Deixo de ser dono de mim.

Você sai pela noite

Volta no dia claro

Me dá o golpe final da maneira mais fria

Traz consigo tua “caça”

Rancando-me da cama num baque

Me expulsa da tua vida... Da tua casa

Me bota pra fora

E antes de fechar a porta

Numa derradeira ironia fria

Esfrega sem dó o seu corpo

No corpo que se faz agora tua presa

Beija, abraça...

Dá uma grande risada

Dizendo não precisar mais de mim.

Marcos Sergio T. Lopes – 18/05/2007

----------------------------------------------------------------

AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/

--------------------------------------------------------------------

Lábios sedutores

Candy Saad
Brasas que queimam em chamas
com sabor adocicado de cereja madura.
Lábios que guardam segredos da doce magia
que faz de mim prisioneira dos desejos teus.
Inebriante veneno que me fez viciada
nesses beijos quentes ,ardentes...
Lábios macios que beijam meus olhos,
minha face,descem pelo meu ventre e
depois do prazer vem de encontro
aos lábios meus ,selando um beijo
que jamais esquecerei enquanto viver.

Publicado no Recanto das Letras

em 21/04/2009
Código do texto: T1550589
-----------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
------------------------------------------------------

AMA-ME SIMPLESMENTE...

Naidaterra

Não ignore esse fogo ardente
expresso na tua retina...
Vem para meus braços que te faço
perder o compasso, o raciocínio...
Não diga não aos teus anseios e deixa
fluir esta emoção alucinada que sente por mim...
Quero teu êxtase e esta tua
fantasia que me alucina...
Diga não ao tempo que só ele é implacável,
não aproveitá-lo é demência e desencanto...
Diga não você, a tudo e a quem te diz não...
Diga sim aos desejos de tua boca
que é estar dentro da minha e deixa
o mundo lá fora na incerteza de
estarmos nos amando...
Diga sim, só isso....
Ama-me simplesmente...
Naidaterra
Set/2006
---------------------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------------------------

NADA MAIS

Wilson de Oliveira Carvalho


Para tentar corrigir meus erros,
durante a vida inteira
dei um tempo ao tempo,
e, o período até então existente
não foi suficiente...

Só agora percebo que não
parei de virar na cama, e ainda
não vi a solução para meus desenganos.

Estou propenso a compreender
que este meu caso não tem mais jeito,
os recursos se esgotaram, nada mais
existe para ser extraído, assim como
nada se alcança de um poço sem água...

-----------------------------------------------

AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/

------------------------------------------------------

Para os meus....para todos....para nós......

by Catherine Roos.

Senhor,
Quase todos os dias eu falo contigo,
Quase sempre é para pedir por mim, pelos meus, por amigos e amigas,
As vezês também agradeço, as vezes só falo contigo por pura vontade de falar...
Assim...eu acho que o Senhor, já está acostumado com meu jeito,
Quero primeiro agradecer por mais esse ano que se finda...
Quero agradecer pelas conquistas...pelos objetivos alcançados...
Quero agradecer até mesmo pelas dores sofridas,
Pelas lágrimas derramadas...se passei e passo dores...
isso representa que ainda estou viva!
Vou galgando as culminâncias da vida...
E claro, Senhor...
lembro das pessoas que estimo,
das pessoas que gosto, das pessoas que amo...
E é por essas pessoas amadas
e queridas que venho nesse momento a ti, Senhor!
Amado Senhor...olhe por essas pessoas!
Estenda sua luz, seu brilho celestial, a sua benção,
para essas pessoas...
para minha família, para meus amados amigos e amigas...
Meu Senhor... posso aparecer indiferente a certas coisas...
Mas o Senhor que tudo sabe, que tudo vê...sabe que sempre
estou atenta a tudo e a todos...
apesar que as vezes prefiro ficar em silêncio...
E em meu silêncio, acredito fazer-me entender diante de ti!
Te levo sempre dentro de meu coração e mente!
Tu sabes, senhor que por ti tenho não só temor...
mas acima de tudo lhe tenho respeito,
e dentro desse respeito está todo meu amor por ti!
Obrigada Senhor, obrigada por me ouvir,
obrigada por permitir que eu chegue à ti!
Obrigada por me fazer humana e por
me fazer sentir sua presença!
Senhor...cuidando dos meus sei que eles serão felizes,
e todos os meus estando felizes, eu também estarei!
Obrigada, Senhor!
Catherine Roos.
--------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
--------------------------------------------------------------------------

Amor, você deixa?

Arneyde T. Marcheschi

Eu mergulhar nos seus sonhos
cavalgar nos seus devaneios
me perder nas nuvens
no meio dos seus lindos cabelos...

Você deixa...
ver seus olhos feitos estrelas
me perdendo no seu universo
e quando me perco sou feliz,
porque não me importo com o resto.

Percorrer por entre meus sonhos
quimeras e jardins de fantasias
amando as flores,os espinhos
vivenciando você nessas magias.

Amor você deixa...
eu mergulhar nos muros do tempo
dizer palavras escritas com a imaginação
sem me importar com a decepção...
só ouvindo o meu coração.

Amor, você deixa
eu continuar a crer no amor
na vida,acreditar em tudo,enfim.
Até mesmo acreditar que
você um dia voltara para mim...

Vitória.E.Santo 20-02-2009
wwww.vidatransparente.com.br
--------------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------------------

YOM HASHOAH

Holocaustro, proibido esquecer!
rivkahcohen

YOM HASHOAH

Difícil desfazer das amarras
que com grilhões me estancou.
Ferros, cerca eletrificada
do meu mundo isolou.

Ergo-me...
mantenho-me ereta,
tento tirar uma reta,
meu corpo debilitado, cansou!

O que é o pior na escravidão?
É o corpo trancafiado
ou o espírito em prisão?

A metros de uma janela,
só posso olhar pela fresta
que o tempo rasgou!

Por onde anda meu espírito
que não ouço dele um grito,
será que ele, pelo menos, voou?

Povo mau,
povo maldito,
quantos anos de mim arrancou?

Aprisionaram meus sonhos,
me apresentaram um mundo medonho
e o pior
o mundo se calou..!
rivkahcohen
-------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
--------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Chorei em tuas vestes

(dos Santos)

MORTE

Chorei em tuas vestes
Derramei em tua dor
Minha frase nunca dita
Um hino de louvor

Escrevi na terra plana

Minha alma minha sina


Andei estradas negras

Hoje tuas antes minhas


Saudades são histórias

Que contei a solidão

Passagens de uma vida

Versos sem canção


VIDA


Cantei em belos versos

Uma vida de passagens

Solidão virou saudade

Nunca vi até mais tarde


Chorei em tuas vestes

Minha frase nunca dita

Nosso hino de Amor

Derramei em prosa e verso

O encontro da essência

Face ao Universo


Histórias e saudades

Guardo em meu peito

As levo em verdade

Sem dor nem mesmo apego


Contei assim ao velho sábio

O sentido de viver


"Viver e aprender

A passar por esta Terra

Sem magoas ou rancor

Amar intensamente

Para sempre por Amor."


"Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência.

Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão."
Lao Tse.


Para ler outros poemas acesse:
blog:
Juras & Versos
-----------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
--------------------------------------------------------

Verbo amar

by Marly Caldas

Pensei que nunca irias deixar de me amar
Não tinha ainda aprendido que o nunca não existe
Que nada na vida é definitivo
E que o verbo amar é um verbo irregular
Varia de tempo e de pessoa
De qualquer modo e sem motivo
Pensar não leva a nenhum lugar
Planejar é outro verbo irregular
Por isso fiquei apenas a questionar
Aprendi a viver apenas o momento
E não ficar a se lamentar
Do seu momento faça depois um poema
Cheio de sentimento
Coloque-o numa gaveta
Para um dia poder se lembrar
--------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------------

VISLUMBRE

by MARCOS SERGIO T. LOPES

Não me furto às minhas verdades
Nem compactuo com minhas mentiras
Apenas deixo que elas fluam em mim
Tal qual o oceano invadindo o mar...
Torridamente cometo cada um dos meus pecados
Assim absorvo o oposto.
Não me desvencilho dos meus momentos
Vivo cada um deles como se fosse ùltimo
Tão efêmero, tão execrável!
Translucidamente passo pelos minutos
Atinjo as horas, dias e noites...
...sem dor, sem riso
Apenas deixando-os passar por mim
Sem que me assuste, sem que me iluda
Apenas passando...
Não comento o fato;
Apenas me enrosco nele
Deixo-me ficar nesse momento morno
Nesse marasmo profundo.
O mundo se atraca lá fora
A vida se faz em dias e noites
Enquanto fico grudado em mim:
absorto.
Gosto amargo na boca
Água salgada escorrendo pelo rosto
Sem que eu faça um único gesto
Para estancar qualquer entreposto.
Fecho os meus olhos para mais uma noite
Vou expulsar cada sonho, eu sei
E quando o novo dia chegar
Estarei como estive ontem:
decomposto.

MARCOS SERGIO T. LOPES -
13 /03/ 2004
---------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
---------------------------------------------------------

sábado, 18 de abril de 2009

Me devuelves mi libro! DEVUELVE!

by Catherine Roos.
Tradução by Betty ( Argentina )

Quiero de vuelta, mi infancia!
Fui ingenua, fui pura!
Jugué de amarelinha, en la calle...
Subía el morro y recogía moras silvestres...
No tenía madre, en la hora de la plegaria...

Jugué de casita, hacía comidita...
Mas casi siempre solitaria...
Gustaba de libros y revistas,
Cedo aprendi a ler e escrever,
Gané una cadenita...
Pasaba horas sentadita,
sin tener lo que hacer!

Gané un libro...grande...pesado...
Era de poesía...de Vicente de Carvalho,
Con el libro, aprendí a leer y soñar...
E imaginava escrever, imaginava poetar...
En el libro descubrí un nuevo mundo,
Y con el libro, yo crecí y soñé...
Con el libro viví y aprendí cosas que sólo yo se!
Cosas que para ninguno conté!

Y con el libro, mi eterno compañero,
aprendí a soñar y un mundo imaginar...
Soñaba...iría crecer...
Sería profesora, médica,
sería tantas cosas!
Mas...otras cosas resolví ser...
Y ahora estoy a escribir...

Y ahora...quiero de vuelta,
la madre que no pude conocer...
Quiero de vuelta,
la plenitud de mi infancia...
Quiero todo lo que no vi suceder!

Buenas noches...mi libro, voy a dormir,
y criatura volver a ser...
-----------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-------------------------------------------

Me devolve meu livro!DEVOLVE!

by Catherine Roos.

Quero de volta, minha infância!
Fui ingênua, fui pura!
Brinquei de amarelinha, na rua...
Subia o morro e colhia amoras silvestres...
Não tinha mãe, na hora da prece...

Brinquei de casinha, fazia comidinha...
Mas quase sempre sózinha...
Gostava de livros e revistas,
Cedo aprendi a ler e escrever,
Ganhei uma cadeirinha...
Passava horas sentadinha,
sem ter o que fazer!

Ganhei um livro...grande...pesado...
Era de poesia...de Vicente de Carvalho,
Com o livro, aprendi a ler e sonhar...
E imaginava escrever, imaginava poetar...
No livro descobri um novo mundo,
E com o livro, eu cresci e sonhei...
Com o livro vivi e aprendi coisas que só eu sei!
Coisas que para ninguém contei!

E com o livro, meu eterno companheiro,
aprendi a sonhar e um mundo imaginar...
Sonhava...iria crescer...
Seria professora, médica,
seria tanta coisa!
Mas...outras coisas resolvi ser...
E agora estou a escrever...

E agora...quero de volta,
a mãe que não pude conhecer...
Quero de volta,
a plenitude da minha infância...
Quero tudo o que não vi acontecer!

Boa noite...meu livro, vou dormir,
e criança tornar a ser...
-------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------------

Sorrir por sorrir?

É difícil!
by RivkahCohen

Não posso encobrir o que não se disfarça.
Essa contração no peito,
não é à toa, não vem de qualquer jeito,
não é de graça.......................!

Ela mesma se anuncia, como o ar,
o amanhecer com essa ventania!

Vem de forma translúcida, verdadeira,
sem usar máscara, sem ter medo.
Como quem não indaga,
não obedece o tema, muda qualquer enredo!

É visível, como quem conhece só as idas,
provocando esta fobia!

Quem dera numa fronteira fosse barrada
e com o poder da alquimia,
mudasse de onde inicia
e ficasse enclausurada!

Os momentos tristes
são como quem vive na lida,
não sente mais o calor do amor,
não se admira com a beleza do dia.
Como sorrir por sorrir, diga-me por favor!
rivkahcohen
-------------------------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
---------------------------------------------------------------------------------------------

História do Dia do Índio

texto enviado by Leonardo
( Grupo Amor em Palavras )Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio.
Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas,
através do decreto lei número 5.540.
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940.
Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano.
Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países
da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para
participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos
primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos.

Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo
perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.
No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas
resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico.
Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido,
no continente americano, como o Dia do Índio.



-------------------------------------------------------------------------------------------------

AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/

------------------------------------------------------------------------------------------------

Rosa desnuda

by Joaquim Evónio ( Portugal)


Desnudei a minha rosa,
nua ficou, alva e rota.

Casei-a com neve fina,
de frio morreu, coitada.

Mas o botão fez-se flor
com alma de concubina...

Tudo e todos amou,
o sol de inverno raiou...

A rosa ficou tão linda!

-----------------------


Rosa não tem idade

Ser rosa é não ter idade,
é ser flor, fruto, semente,
fogo em floco de neve,
pétala, estigma, gente.

É vida sob o orvalho,
é urze ou torga nascente.

-----------------------------


O amor da rosa


Às vezes
uma rosa não é nada
no Inverno, vendavais...

Mas basta a pétala ardente,
gineceu, estigma quente,
e os flocos se incendeiam...

Dos campos
brotam trigais!
Joaquim Evónio
(Publicado no "Primeiro de Janeiro", Porto, 13 Fev 2003)
------------------------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-------------------------------------------------------------

REFLEXÃO

by *Paulo Silveira de Ávila *

Uma gota translúcida
cabe dentro de um poema,
uma imagem inunda a realidade,
nos jardins do espaço etéreo

Eu te vi uma rainha de sonhos
meu coração voou incerto
à procura de quimera

Nesse perpassar ancorei meus olhos
nos espaços repletos de fantasias
para escrever palavras além da palavra
até o poema, além da semente até a flor

O mundo me encontrou
e minhas palavras nas entrelinhas
vão além do mundo até o amor
Meu encanto com o mundo é reticente
quando estou sem você.

Paulo Avila Publicado
no Recanto das Letras
em 29/01/2009
Código do texto: T1411804
----------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-------------------------------------------

PASEANDO A MIS MASCOTAS

by ©SKORPIONA ( Lima - Peru ) Cumpliendo mi rutina diaria, entrada la tarde llevo de paseo a mis mascotas, dos hermosas rottweillers: Khyra, de casi dos años y Zoe, de siete meses aproximadamente. Las perras infunden mucho respeto y me siento muy resguardada. Tengo además la seguridad que estando con ellas, nadie se atrevería a mirarme y en absoluto exagero, porque entre las dos pesan más o menos cien kilos: por poco duplican mi peso.

Los paseos sirven de adiestramiento para la cachorra, considerando que de igual forma adiestré a la madre y es una perra educada. No obstante, debido a la mala fama que tiene esta raza de perros, la vereda siempre queda a mi entera disposición, porque la gente cuando me ve llegar con semejantes mascotas, de inmediato cruza a la vereda de enfrente.

Nuestro recorrido se desarrolla con absoluta normalidad. Camino lento llevando a cada perra con su cadena y a fin de impedir que tengan impulso para correr, acorto las cadenas que enrosco en mis muñecas. En realidad, ya no sé si las paseo yo o ellas a mí.

Alto... cruza... corre... camina... salta..., son las órdenes que imparto a la disciplinada cachorra y fielmente cumple, lo que me da satisfacción. De pronto sus orejas se paran, así como todo el pelo de su cuerpo y el culpable es un pequeño perro que pasea muy campante a media cuadra de distancia.

Furiosas las perras emprenden la veloz carrera para alcanzarlo y el atónito dueño observa cómo se acercan, conmigo también, pues en contra de mi voluntad estoy siendo arrastrada por mis entrenadas mascotas. En mi caso me encuentro aterrada, porque sé que mis perras están desbocadas y hacen caso omiso a mis órdenes, de detenerse en el acto.

Y mientras mis perras me pasean a su manera, tengo la oportuna idea de arrojarme en un jardín a escasos metros del perrito y evito así el fatal desenlace. Regreso a casa con raspaduras y moretones, pero dando gracias a Dios por no haber encontrado en el camino un árbol o un poste de alumbrado público, porque hubiese sido descuartizada, de la forma más horrenda, por mis fieles y adiestradas mascotas.

De ahora en adelante... las pasearé en mi automóvil.

©SKORPIONA
Inés de la Puente Spiers
http://skorpiona.webcindario.com/paseando_a_mis_mascotas.htm

Libro Rebeldía poética
DERECHOS DE AUTOR RESERVADOS


---------------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
--------------------------------------------------

A rosa cor de rosa

by Candy Saad
Das roseiras a enfeitar o jardim,
a primeira rosa que nasceu
foi ofertada para mim...
Uma rosa cor de rosa
com perfume delicado,
fazendo-me sentir
um ser previlegiado...
Quanta delicadeza!
Para não feri-la,
ofertou-me ali mesmo no pé,
deixando a natureza enfeitada
com a realeza de uma rosa
com pétalas de cetim...
Ao olhar para ela de manhã
com gotas de orvalho a brilhar,
ela te dirá,
que seu gesto amoroso,
muito alegrou meu coração e
deixou-me enternecida de emoção.

Publicado no Recanto das Letras
em 07/08/2008

Código do texto: T1116681
-------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------

NADA MAIS...

by Marcos Sergio T. Lopes

Estamos presos em tamanhos desencontros
Já não me apetece teu encanto
Restou apenas um gosto amargo
Espalhado por todos os cantos.
Fugiu o sentir que minava por dentro
Apagou a labareda que vivia acesa
E, que agora, mesmo diante dos nossos sopros
Jaz morta e enterrada
Nesse entristecer que te crucifica
E me deixa combalido nos dias meus.
Somos apenas uma teia de ressentimentos
Palavras entrecortadas
Que dilaceram o meu coração
Brincando de dor contigo.
Queria pedir um abraço
Um sôfrego beijo
Mas, a vontade ensaia,
E não consigo.
Onde ficou a emoção de outrora?
As horas de volúpias que incendiavam nós dois!
Infelizmente foram levadas pela distancia
Essa que montou barraca em nossas vidas.
Ficou essa frustração que jamais acaba
Que arrasa e destrói o que havia.
Agora...
Apenas silêncios que não se findam
E os lábios ensaiando um adeus para breve.

Marcos Sergio T. Lopes
01/04/2009
-----------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------

terça-feira, 14 de abril de 2009

Desnuda…

Ninfa Duarte
Camino desnuda en mis estrofas
por sendas de abrojos… solitaria,
sin rimas en la cuartilla desierta;
voy dejando mis huellas aladas,
como sutiles pétalos al viento…

Mi ropaje se ha perdido en la cuesta.
Quedé expuesta a merced del vendaval,
desvestida de angustias… vagando
como gigantesca ola bravía,
vadeando las rocas de la orilla…

Mi sombra descalza, aterida y muda
va dejando sonrisas en las goteras del tiempo
en el manso arroyuelo, en la acariciante llovizna,
ataviada con aromas de aguacero,
pulcra y gentil bajo la parra…

Cuerpo de musa, mostrando su desnudez
en versos diestros… sin escollos
donde el grito se vuelve leve caricia
para contar la soberbia de un mundo siempre hostil,
paseando su decencia entre líneas,
revelando los secretos del buen decir…

Mi andar se hace rutina en palabras
y sola… desnuda… envuelta en la brisa,
transita por los pajonales del alma
desvistiendo del mundo sus andrajos
cubiertos de saña en libertinos parajes…

Cuerpo de náyade con alma desnuda,
supe deslindar mis desventuras;
y cubriendo mis pies con pétalos dorados
caminé veredas de sangre y amarguras,
entregando ternura a manos llenas…

Mi desnudez es castigo a tus ojos
llenos de lujuria y falsedades…
--------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------------------

domingo, 12 de abril de 2009

Menina velha ou velha menina...

by Catherine Roos.

Hoje penso na menina que fui
E lembro que não cresci...porém,
penso que tornei-me uma menina velha...
Talvez esteja mais velha do que penso....
Penso naqueles que perdi,
penso em todos que nunca esqueci...
Não quero pensar...mas penso...
Será que enlouqueci?!
Penso em tudo o que se passou...
Penso mais no que não ficou,
Não penso, mas sinto a dor que você deixou...
Antigamente não pensava tanto,
e se pensava...não doía tanto!
Não...não choro...mas sinto o pranto...
Catherine Roos.
------------------------------
TRadução by Betty - Argentina
Hoy pienso en la niña que fui
Y recuerdo que no crecí...por ende,
pienso que me convertí en una niña vieja...
Tal vez esté mas vieja de lo que pienso....
Pienso en aquellos que perdí,
pienso en todos que nunca olvidé...
No quiero pensar...mas pienso...
Será que enloquecí?!
Pienso en todo lo que se pasó...
Pienso mas en lo que no quedó,
No pienso, mas siento el dolor que tu dejaste...
Antiguamente no pensaba tanto,
y si pensaba...no dolía tanto!
No...no lloro...mas siento el llanto...
Catherine Roos.
------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------


Amor Sem Ilusão

texto enviado ao grupo by Paulo Nunes Jr.


Conta-se que um jovem caminhava pelas montanhas nevadas da velha Índia, absorvido em profundos questionamentos sobre o amor, sem poder solucionar suas ansiedades.

Ao longo do caminho, à sua frente, percebeu que vinha em sua direção um velho sábio.

E porque se demorasse em seus pensamentos sem encontrar uma resposta que lhe aquietasse a alma, resolveu pedir ao sábio que o ajudasse.

Aproximou-se e falou com verdadeiro interesse:

- Senhor, desejo encontrar minha amada e construir com ela uma família com bases no verdadeiro amor.

- Todavia, sempre que me vem à mente uma jovem bela e graciosa e eu a olho com atenção, em meus pensamentos ela vai se transformando rapidamente.

- Seus cabelos tornam-se alvos como a neve, sua pele rósea e firme fica pálida e se enche de profundos vincos.

- Seu olhar vivaz perde o brilho e parece perder-se no infinito. Sua forma física se modifica acentuadamente e eu me apavoro.

- Desejo saber, meu sábio, como é que o amor poderá ser eterno, como falam os poetas?

Nesse mesmo instante aproxima-se de ambos uma jovem envolta em luto, trazendo no rosto expressões de profunda dor.

Dirige-se ao sábio e lhe fala com voz embargada:

- Acabo de enterrar o corpo de meu pai que morreu antes de completar 50 anos.

- Sofro porque nunca poderei ver sua cabeça branca aureolada de conhecimentos. Seu rosto marcado pelas rugas da experiência, nem seu olhar amadurecido pelas lições da vida.

- Sofro porque não poderei mais ouvir suas histórias sábias nem contemplar seu sorriso de ternura.

- Não verei suas mãos enrrugadas tomando as minhas com profundo afeto.

Nesse momento o sábio dirigiu-se ao jovem e lhe falou com serenidade:

- Você percebe agora as nuanças do amor sem ilusões, meu jovem?

- O amor verdadeiro é eterno porque não se apega ao corpo físico, mas se afeiçoa ao ser imortal que o habita temporariamente.

- É nesses sentimentos sem ilusões nem fantasias que reside o verdadeiro e eterno amor.

A lição do velho sábio é de grande valia para todos nós que buscamos as belezas da forma física sem observar as grandezas da alma imortal.

O sentimento que valoriza somente as aparências exteriores não é amor, é paixão ilusória.

O amor verdadeiro observa, além da roupagem física que se desgasta e morre, a alma que se aperfeiçoa e a deixa quando chega a hora, para prosseguir vivendo e amando, tanto quanto o permita o seu coração imortal.

...............

As flores, por mais belas que sejam, um dia emurchecem e morrem... Mas o seu perfume permanece no ar e no olfato daqueles que o souberam guardar em frascos adequados.

O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia envelhece e morre.

Mas as virtudes do espírito que dele se liberta continuam vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, no frasco do coração.

Autor:
Equipe de Redação do Momento Espírita

Desejo a todos um domingo de páscoa repleto de paz
Feliz páscoa a você e a todos os teus...
Beijos em vossos corações,
Paulo Nunes Jr.
----------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------------------

SONHOS DE RAINHA

Vilma Oliveira Leite
Vou a catedral rezo e agradeço!
De joelhos numa prece sentida,
Se és minha...
Eu não a mereço.
Só pra mim essa minha vida!
Sonho que é meu esse castelo
A coroa, o trono de rainha...
Vestido de brocado, como é belo!
Esse sonho...
Se estou sozinha?
A me cobrir de ouro e de prata,
A sede de te amar é que me mata,
A fome me nauseia: fel e dor!
Eu trocaria toda essa riqueza,
Os sonhos de rainha e de princesa,
Pela mísera esmola desse amor!
-----------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------

A paz de um outro ‘EU’

(dos Santos)
Penso
Meu mundo em grande sonho
Um vazio finito de possibilidades
Mergulhado em minhas causas
Perdido por meus feitosIdas e vindas
Sinceras e minhas
Penso
Na eterna inconstância de ser
Um eterno estar pra ficar
E antes que assim possa saber
Tudo passa, tudo sempre passará
Mudar é o fato
Algo como um beijo molhado
Que transformo ao acaso
Em alegria ou fardo
Então digo a mimViver é assim:

“O despertar da Alma
Nova face na navalha
Um disfarce perfeito
Meu desabrochar derradeiro”
E antes que perceba
Meu escrito se perdeu
Sobrou a solidão
Na paz de um outro ‘EU’.

Para ler outros poemas acesse:
blog:
Juras & Versos
-----------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
-----------------------------------------------

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Pra você Shayne, que nunca esqueci...

Catherine Roos.

Não...nada a lamentar...nada...
Vivi quase tudo o que quis...
Amei e fui amada,
Ainda sou amada, ainda amo,
Porém, você partiu...me deixou...
A vida assim quis,
Sinto sua falta, por ti reclamo,
Ainda vejo seu rosto...teu olhar...
Ahhh! como dói essa saudade!
Será que lá do outro lado,
Um dia...irei te encontrar?!


( para minha minha filha, que faleceu aos 04 anos, e estaria completando 31 anos )

-------------------------------------

Tradução by Betty


Para ti Shayne, que nunca olvidé...
Catherine Roos.

No...nada para lamentar...nada...
Viví casi todo lo que quise...
Amé y fui amada,
Aún soy amada, aún amo,
Por ende, tu partiste...me dejaste...
La vida así quiso,
Siento tu falta, por ti reclamo,
Aún veo tu rostro...tu mirar...
Ahhh! como dói essa saudade!
Será que lá do outro lado,
Un día te iré a encontrar?!


( para mía mi hija, que falleció a los 04 años, y estaría cumpliendo 31 años )

-----------------------------------------------------

AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/

-----------------------------------------------

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Não me ame! com tradução p/ espanhol by Rosenna

by Catherine Roos.
Não me ame!
Tenho amor, por nós dois!
Não me ame, porque depois...você vai sofrer...
E para mim amar, é jamais ter que sofrer...

Não me ame...não me olhe assim...
Deixa eu te olhar,
deixa-me ver o brilho que tem dentro deles,
Não toque em meu rosto!
Deixe que eu toque seu rosto e sinta sua pele,
Deixe que eu segure suas mãos,
Quero sentir o calor que vem delas.

Não me ame, por favor!
Não quero deixar um amor que fica...
Quero o meu amor, que vai...
Não quero saudade, não quero lágrimas,
Em tua face só quero a lembrança do sorriso,
Só quero sentir em ti,
a alegria de viver!

Não...não me ame...
Meu corpo padece,
Minha mente adoece...
Só quero uma prece...
Minh'alma fenece...

Não...não me ame...
Sofrer...
Você não merece...
----------------------------------------
Tradução by Rosenna

¡No me ames!
Tengo amor, por nosotros dos!
No me ames, por que después...tú vas a sufrír...
Y para mí amar, es jamás tener que sufrír...

No me ames...no me mires así...
Deja que yo te mire,
déjame ver el brillo que hay dentro de ellos,
¡No toques mi rostro!
Deja que yo toque tu rostro y sienta tu piel,
Deja que asegure tus manos,
Quiero sentir el calor que viene de ellas.

No me ames, ¡por favor!
No voy a dejar un amor que queda...
Quiero mi amor, que va...
No añoranza, no quiero lágrimas,
En tu faz,
quiero sólo el recuerdo de la sonrisa,
Sólo quiero sentir en ti,
la alegría de vivir!

No...no me ames...
Mi cuerpo padece,
MI mente adolece...
Sólo quiero una plegaria...
Mi alma fenece...

No...no me ames...
Sufrír...
tú no mereces...
------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------

terça-feira, 7 de abril de 2009

É PÁSCOA AMADO(A) AMIGO(A)

Naidaterra
Eu quero os braços de Jesus,
é a Páscoa chegando cheia de luz,
não há escuridão...
Venham comigo meus amigos,
meu coração é vaga-lume
e deseja unir-se à luz Deus...
Juntos, vamos iluminar fendas
e caminhos, encontrar outros
amigos que queiram contagiar-se
desta Luz Amiga... divina...
Venham, necessitamos
dessa iluminação...
A nossa paz está na força
de Deus...
Não estamos sozinhos,
somos luzes de
Deus...
Naidinha
--------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
------------------------------------------------------

Galope

by Marly Caldas
Segura-me pelos cabelos
Colocas em mim um cabresto
Me montas com perícia
Me domas com paixão
Eu amanso
Mas não me canso
Num galope mais manso
Lhe acompanho
Corremos prados
Atravessamos campos
Alcançaomos altos montes
Suados mas satisfeitos
Numa sombra paramos
Junto a um remanso
Novamente nos amamos

Publicado no Recanto das Letras
em 04/10/2006

Código do texto: T256164
--------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
---------------------------------------

Jesus

by Wilma Lúcia
Procure-o na beleza
do amanhecer de um novo dia,
no vôo dos pássaros,
na brisa fresca,
no cheiro da terra molhada,
no sol que clareia e aquece.
Olhe como são belas as estrelas
e uma noite de luar,
lá está Ele, a te observar.
Perceba a chuva refrescando
a terra pra ela fertilizar,
é Ele a "comandar".
Veja tudo o que a natureza
pode te proporcionar,
e de graça, coisas magníficas.
Olhe agora a tua volta, bem ao teu lado,
Veja o teu "próximo", nele
está Ele a te chamar.
Sinta como Ele está dentro de nós,
e não apenas, no meio de nós,
espalhando Sua Luz,
realizando Suas Bênçãos.
Ele é a vida "pulsando dentro de ti",
É o teu bom astral a alegrar,
A "esmola" que tu dás,
A fome e a sede que tu "matas"
O consolo, de tuas palavras
a confortar,a paz que transmites.
É a felicidade que tu proporcionas,
Tudo de bom que puder ao mundo dar,
É a energia que em teu corpo está.
Fazendo com que "lutes",
sem jamais desanimar,
Está em tudo que dá prazer,
É tua vontade de viver,
Tua esperança,
Teu abraço sincero,
Teu brilho no olhar,
Enfim, é a medida do
AMOR que dás.
----------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
----------------------------------------------

Feliz Páscoa!

by Catherine Roos.


O silêncio, em certos momentos...fala muito mais,
do que muitas palavras, Catherine Roos.

Tradução by Betty:

El silencio, en ciertos momentos...habla mucho mas,
de lo que muchas palabras, Catherine Roos.

-------------------------------------------------
AMOR EM PALAVRAS É UM GRUPO CRIADO PARA UM CONTATO MAIS "DIRETO" COM VOCÊ, PARTICIPE, SE INSCREVA NESSE LINK: http://br.groups.yahoo.com/group/amorempalavras/
------------------------------------------------------------